INTRODUÇÃO

Pedrinhas e Cedovém são dois Lugares à beira mar, situados entre Ofir e a Apúlia, no concelho de Esposende - PORTUGAL.

Localizam-se num lugar calmo em cima do areal, onde pode almoçar e jantar com uma gastronomia típica local e poder usufruir de uma paisagem natural marítima Atlântica a uma temperatura do Litoral do Sul da Europa .
Onde construções CELTAS desabrocham de fundações milenares, que resulta uma relação de interligação com a paisagem. Os caminhos e os percursos de acesso ainda se encontram em areia e criam uma composição que conjuga de forma perfeita entre a topografia e época das construções, o que dá um cunho único ao Lugar. Se estivermos acompanhados com alguém especial, imediatamente nos apaixonamos e nunca mais conseguimos cortar o "cordão umbilical" com este LUGAR cheio de magia e de uma beleza natural única.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

POLIS LITORAL NORTE NÃO CONTEMPLA INTERVENÇÕES PRIORITÁRIAS A SUL ...


O NUCEARTES –" Núcleo de Estudos e Artes do Vale do Âncora, defende que os POLIS LITORAL deveriam, acima de tudo, projectar o aproveitamento natural da área litoral, especialmente, a restrita orla costeira, dando-lhe uma nova vida, precavendo intervenções comprometedoras e regenerando prioritariamente os focos de degradação manifestos, que são visíveis e preocupantes, que tem sido publicitados e registados em diversos documentos, alguns deles há dezenas de anos.
...
As apostas de correcção da erosão do sistema dunar, através de obras de engenharia, dão-nos uma visão do que consta este programa POLIS LITORAL NORTE.
Este programa enferma de uma falta de sensibilidade, pois as prioridades não se reportam ao estancamento da degradação, pois não apostam concretamente na protecção do meio ambiente, que mais ainda se agravará.
 E é isso que está a ocorrer neste concelho, neste distrito e neste País. Artificialismo, fogo-de-vista, obras públicas desnecessárias e inconsequentes, mas que pagam campanhas eleitorais e lugares de administração para políticos aposentados.
Pelos planos que se apresentam para desenvolver a recuperação das deficiências que existem, concluímos, que as acções de contenção dos avanços do oceano não serão realizados...."
Enviar um comentário