INTRODUÇÃO

Pedrinhas e Cedovém são dois Lugares à beira mar, situados entre Ofir e a Apúlia, no concelho de Esposende - PORTUGAL.

Localizam-se num lugar calmo em cima do areal, onde pode almoçar e jantar com uma gastronomia típica local e poder usufruir de uma paisagem natural marítima Atlântica a uma temperatura do Litoral do Sul da Europa .
Onde construções CELTAS desabrocham de fundações milenares, que resulta uma relação de interligação com a paisagem. Os caminhos e os percursos de acesso ainda se encontram em areia e criam uma composição que conjuga de forma perfeita entre a topografia e época das construções, o que dá um cunho único ao Lugar. Se estivermos acompanhados com alguém especial, imediatamente nos apaixonamos e nunca mais conseguimos cortar o "cordão umbilical" com este LUGAR cheio de magia e de uma beleza natural única.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

É urgente retomar as acções que impeçam a erosão costeiras de Esposende

TVI24

José Maria Costa, Presidente da Câmara de Viana do Castelo, vem em defesa da costa marítima e afirma:

"É urgente retomar as acções previstas que impeçam a erosão costeiras de Esposende, Viana do Castelo e Caminha porque se tratam de intervenções urgentes e necessárias», sublinhou, defendendo a «necessidade» de o ministério liderado por Assunção Cristas de «clarificar a sua posição relativamente ao Polis Litoral Norte e retomar as medidas previstas."

"Recorde-se que no Orçamento de Estado para 2012 o ministério do Ambiente admite uma «reavaliação» de todos os programas Polis de intervenção na costa, avançando apenas com as intervenções prioritárias."

No ano passado várias casas no Lugar-das-Pedrinhas estiveram ameaçadas pela erosão costeira, derivado ao mau tempo e à causa-efeito do esporão. Com a sequência da desintegração do quebra-mar de proteção, que durante 20 anos nunca teve nenhuma manutenção, a Polis viu-se obrigada para salvar as habitações juntar o pequeno enrocamento existente, para segurar a areia que foi depositada.

Hoje essa areia já não existe e este inverno o grau risco continua elevado para a proteção de bens, pessoas e animais.
Enviar um comentário