INTRODUÇÃO

Pedrinhas e Cedovém são dois Lugares à beira mar, situados entre Ofir e a Apúlia, no concelho de Esposende - PORTUGAL.

Localizam-se num lugar calmo em cima do areal, onde pode almoçar e jantar com uma gastronomia típica local e poder usufruir de uma paisagem natural marítima Atlântica a uma temperatura do Litoral do Sul da Europa .
Onde construções CELTAS desabrocham de fundações milenares, que resulta uma relação de interligação com a paisagem. Os caminhos e os percursos de acesso ainda se encontram em areia e criam uma composição que conjuga de forma perfeita entre a topografia e época das construções, o que dá um cunho único ao Lugar. Se estivermos acompanhados com alguém especial, imediatamente nos apaixonamos e nunca mais conseguimos cortar o "cordão umbilical" com este LUGAR cheio de magia e de uma beleza natural única.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Autarquia de Esposende alerta munícipes sobre regimes especiais de regularização urbanística


ESPOSENDE – A Câmara Municipal de Esposende promoveu, no dia 2 de dezembro, no Auditório Municipal de Esposende, uma sessão de esclarecimento sobre dois regimes especiais de regularização relativos a atividades, explorações, instalações e edificações.
Em causa está um regime decorrente da publicação do Decreto Lei n.º 165/2014, que permite avaliar a possibilidade de regularização de um conjunto significativo de unidades produtivas que não dispõem de título de exploração ou de exercício válido face às condições atuais da atividade, designadamente por motivo de desconformidade com os planos de ordenamento do território vigentes ou com servidões administrativas e restrições de utilidade pública, cujo prazo termina no próximo dia 2 de janeiro. Por outro lado, está em vigor, até 23 de setembro de 2016, um regime decorrente da publicação da revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) de Esposende, que possibilita também tal procedimento de legalização.
Estes regimes enquadram a regularização de um conjunto de situações, daí a importância de informar, quer os técnicos urbanísticos quer a população em geral, das várias possibilidades que estão em causa. Dado o interesse que estas questões suscitam, a sessão de esclarecimento registou uma forte participação, tanto de munícipes, como técnicos e entidades, entre as quais a Cooperativa Agrícola a Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende (ACICE).
Considerando que termina no início de janeiro o regime excecional para a legalização de edificações de empresas/indústrias, e no sentido de proporcionar que os munícipes/empresas possam resolver as situações pendentes, o Município solicitou a prorrogação do prazo ao Governo. Em ofício dirigido à Secretária de Estado do Ordenamento do Território e Conservação da Natureza, Célia Ramos, o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira refere que “o investimento no território com vista ao seu crescimento é, para todos nós, uma prioridade fundamental, sendo necessário criar os contextos ideais que potencializem esse mesmo investimento, uma vez que dele depende o crescimento económico sustentável, a dinamização do investimento privado e o emprego”.

Aludindo ao Decreto-Lei n.º 165/2014, Benjamim Pereira refere que “é, sem dúvida, um mecanismo muito importante, que permite, em muitos casos, a reposição da legalidade, sem necessidade de deslocalização das unidades”. Atendendo ao curto prazo deste regime excecional e dado que existe um certo desconhecimento por parte das populações quanto à existência deste importante instrumento, o Autarca solicita um alargamento do prazo, pelo período de um ano, “para que todos, sem exceção, possam utilizar tão importante mecanismo que poderá possibilitar a regularização de um conjunto significativo de situações”.
Enviar um comentário