INTRODUÇÃO

Pedrinhas e Cedovém são dois Lugares à beira mar, situados entre Ofir e a Apúlia, no concelho de Esposende - PORTUGAL.

Localizam-se num lugar calmo em cima do areal, onde pode almoçar e jantar com uma gastronomia típica local e poder usufruir de uma paisagem natural marítima Atlântica a uma temperatura do Litoral do Sul da Europa .
Onde construções CELTAS desabrocham de fundações milenares, que resulta uma relação de interligação com a paisagem. Os caminhos e os percursos de acesso ainda se encontram em areia e criam uma composição que conjuga de forma perfeita entre a topografia e época das construções, o que dá um cunho único ao Lugar. Se estivermos acompanhados com alguém especial, imediatamente nos apaixonamos e nunca mais conseguimos cortar o "cordão umbilical" com este LUGAR cheio de magia e de uma beleza natural única.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

PSD Esposende celebrou dois anos de mandato autárquico



Mais de meio milhar de participantes marcou presença no jantar de autarcas, militantes e simpatizantes do PSD Esposende, que serviu para comemorar os dois anos de mandato autárquico e que reuniu os eleitos do concelho. As comemorações contaram, ainda, com a presença do eurodeputado e presidente da Comissão Distrital José Manuel Fernandes, dos deputados Joel Sá e Laura Magalhães, do presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira e do ex-presidente da autarquia Alberto Figueiredo.

Luís Montenegro, líder do Grupo Parlamentar do PSD na Assembleia da República, que também marcou presença, referiu que estavam ali para comemorar duas “grandes vitórias”: as autárquicas e as legislativas de 4 de Outubro. Quanto às autárquicas foi importante o PSD “renovar a confiança, servir a comunidade e trabalhar com seriedade em espírito de solidariedade social e acreditar nas pessoas”. 

Mas a noite estava reservada para o líder parlamentar do PSD falar do momento político nacional referindo que Portugal vive um “momento invulgar, insólito, único”, acusando o líder socialista António Costa “que não tem vergonha de querer governar, perdendo as eleições, o que é extraordinário”. “Costa fez jogo para se manter como líder do PS”.
O eurodeputado e presidente da Distrital do PSD, José Manuel Fernandes, elogiou o trabalho “de proximidade” de Benjamim Pereira pelo “exemplo que dá a todos” e agradeceu aos presidentes e eleitos pelo “trabalho e solidariedade constantes” que permitiu ganhar as eleições em todas as freguesias do concelho de Esposende. E crítico com a política anunciada pelo actual governo aconselhou os presentes fazerem uma conta poupança para a troika da esquerda radical.

O presidente da Câmara de Esposende, Benjamim Pereira, agradeceu a presença dos quinhentos e cinquenta eleitos para celebrar “uma das maiores vitórias no concelho face às circunstâncias que o país vivia”, a qual se deveu “à proximidade” entre eleitos e eleitores. Mencionou as três áreas de intervenção da autarquia, a saber, uma política económica e social “activa”, um investimento diversificado e um equilíbrio e sustentabilidade financeira do Município. E deixou um recado aos opositores: “é possível investir sem destruir as contas do Município”.
Denunciou, ainda, que há municípios “que se financiam ilegalmente, pois estão a cobrar a água aos munícipes e não a estão a pagar ao fornecedor”. E rematou: “tenho o coração cheio e confiante quanto ao futuro”.

Maranhão Peixoto, líder da comissão política local falou da importância do evento enquanto “reforço da união da família social democrata”, sem objetivos “obscuros ou dúbios” e com a missão de servir “a todos sem distinção”. 
Criticou o “assalto e golpe palaciano e o arranjo de conveniência ”que os socialistas fizeram pois o exercício do poder “não pode ser feito a qualquer preço”.

Enviar um comentário