INTRODUÇÃO

Pedrinhas e Cedovém são dois Lugares à beira mar, situados entre Ofir e a Apúlia, no concelho de Esposende - PORTUGAL.

Localizam-se num lugar calmo em cima do areal, onde pode almoçar e jantar com uma gastronomia típica local e poder usufruir de uma paisagem natural marítima Atlântica a uma temperatura do Litoral do Sul da Europa .
Onde construções CELTAS desabrocham de fundações milenares, que resulta uma relação de interligação com a paisagem. Os caminhos e os percursos de acesso ainda se encontram em areia e criam uma composição que conjuga de forma perfeita entre a topografia e época das construções, o que dá um cunho único ao Lugar. Se estivermos acompanhados com alguém especial, imediatamente nos apaixonamos e nunca mais conseguimos cortar o "cordão umbilical" com este LUGAR cheio de magia e de uma beleza natural única.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Voluntários recolheram 1,4 toneladas de resíduos do Estuário do Rio Cávado



Cerca de sete dezenas de voluntários, entre os quais várias atletas, pais e treinadores de clubes desportivos concelhios, substituíram um regular treino pela participação numa iniciativa com uma forte vertente lúdica e educadora, contribuindo, assim, para um melhor ambiente. Sendo o Desporto um meio educador por excelência, a preservação do ambiente e o exercício de uma cidadania ativa através da prática de voluntariado, são pontos-chave na formação dos atletas. Participaram nesta ação o Grupo Desportivo de Apúlia, o Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses, a Associação Desportiva de Esposende, a Esposende Surf Team, o Centro de Surf de Esposende, o Hóquei Clube de Fão, o Taekwondo Clube de Esposende e a Escola Profissional de Esposende.

A ação de limpeza desenvolveu-se na margem direita do Cávado, entre o Circuito de Manutenção Sul e as Piscinas Foz do Cávado, e na área compreendida entre o Pé no Rio e o Forte S. João Baptista. Antes do início dos trabalhos de limpeza, os participantes tiveram oportunidade de se inteirar de algumas das consequências da presença de resíduos, em particular macro e micro-plásticos, nos habitats aquáticos, nomeadamente rios e oceanos, e foram sensibilizados para a importância das ações de voluntariado ambiental na mitigação deste problema.

O último inverno e a primavera chuvosa deixaram a sua marca e “devolveram” muitos dos resíduos arrastados pelos rios e linhas de água. Com a colaboração e a boa disposição de todos os participantes foi possível retirar do estuário uma parte significativa destes resíduos, o que contribuiu para melhorar significativamente a imagem destes locais, sem falar nos benefícios ambientais. 

O avançado estado de degradação de muitos resíduos condicionou a sua separação no local, tendo sido recolhidos separadamente alguns materiais ferrosos. De realçar também o importante contributo da empresa SUMA - Serviços Urbanos e Meio Ambiente, S.A., que procedeu à recolha dos sacos, colaborando desta forma para o encaminhamento adequado dos resíduos recolhidos e para o sucesso desta iniciativa.

*** Nota elaborada pelo gabinete de comunicação da C. M. de Braga ***

Enviar um comentário