INTRODUÇÃO

Pedrinhas e Cedovém são dois Lugares à beira mar, situados entre Ofir e a Apúlia, no concelho de Esposende - PORTUGAL.

Localizam-se num lugar calmo em cima do areal, onde pode almoçar e jantar com uma gastronomia típica local e poder usufruir de uma paisagem natural marítima Atlântica a uma temperatura do Litoral do Sul da Europa .
Onde construções CELTAS desabrocham de fundações milenares, que resulta uma relação de interligação com a paisagem. Os caminhos e os percursos de acesso ainda se encontram em areia e criam uma composição que conjuga de forma perfeita entre a topografia e época das construções, o que dá um cunho único ao Lugar. Se estivermos acompanhados com alguém especial, imediatamente nos apaixonamos e nunca mais conseguimos cortar o "cordão umbilical" com este LUGAR cheio de magia e de uma beleza natural única.

domingo, 18 de setembro de 2016

Novos equipamentos de apoio na Praia Norte lançados a concurso por 900 mil euros


A maioria socialista na Câmara de Viana do Castelo e a vereadora da CDU aprovaram em 15 de setembro, em reunião ordinária da autarquia, a abertura do concurso público para a construção de dois equipamentos de apoio, num investimento superior a 900 mil euros, previstos no projeto de requalificação da Praia Norte.
O concurso público , chumbado pelo PSD, prevê a construção de dois equipamentos “com instalações sanitárias, balneárias, espaço para o nadador-salvador e também bares de apoio”.
Em declarações aos jornalistas no final da sessão camarária, o presidente da Câmara, José Maria Costa afirmou que “os dois novos equipamentos deverão estar a funcionar, em pleno, já no próximo verão”, sendo que a sua construção será iniciada quando terminarem as obras de combate à erosão costeira” prevista para aquela praia.
Em causa está a obra de requalificação da Praia Norte, a realizar ao abrigo da sociedade Polis Litoral Norte, orçadas em 2,6 milhões de euros e cujo arranque já sofreu vários adiamentos estando agora previsto para “em meados de outubro”, aguardando “o visto final do Tribunal de Contas”.
O valor base do concurso, sem IVA, é de cerca de 900 mil euros, para os dois equipamentos. São equipamentos com áreas substancialmente maiores do que os equipamentos que lá estão. (…) Vamos ter áreas de apoio de balneários, sanitários, cada um dos equipamentos vai ter um espaço para nadador-salvador. Vamos ter áreas cobertas de bar superiores àquelas que lá estão. Vão ser equipamentos com uma outra ambição, pensando já na futura atratividade que a praia vai ter”, frisou o autarca socialista.
A intervenção, alvo de contestação por um movimento cívico local critica o que considera ser “o fim do estacionamento junto ao mar”, que existe naquela zona, vai abranger uma área equivalente a cinco campos de futebol.
As obras contemplam duas fases, que vão decorrer em simultâneo, uma para defesa da zona costeira e outra de requalificação daquela zona balnear.
A bancada do PSD, pela voz do vereador Eduardo Teixeira justificou o voto contra a construção dos dois equipamentos dizendo que os custos do concurso hoje aprovado “vão ser suportados pela autarquia e não pelo programa Polis Litoral Norte”.
É uma fatura dos desentendimentos públicos de Defensor Moura ex-autarca socialista de Viana do Castelo e principal opositor da intervenção) e o atual presidente, José Maria Costa sobre a Praia Norte”.
Eduardo Teixeira disse “não estar em causa o investimento de recuperação da Praia Norte” mas os custos da construção de equipamentos de apoio “que fazem disparar brutalmente os custos da obra, pagos exclusivamente pela Câmara. Não havia necessidade de pegar nos espaços, demoli-los e construir de novo”, acusou.

Enviar um comentário