INTRODUÇÃO

Pedrinhas e Cedovém são dois Lugares à beira mar, situados entre Ofir e a Apúlia, no concelho de Esposende - PORTUGAL.

Localizam-se num lugar calmo em cima do areal, onde pode almoçar e jantar com uma gastronomia típica local e poder usufruir de uma paisagem natural marítima Atlântica a uma temperatura do Litoral do Sul da Europa .
Onde construções CELTAS desabrocham de fundações milenares, que resulta uma relação de interligação com a paisagem. Os caminhos e os percursos de acesso ainda se encontram em areia e criam uma composição que conjuga de forma perfeita entre a topografia e época das construções, o que dá um cunho único ao Lugar. Se estivermos acompanhados com alguém especial, imediatamente nos apaixonamos e nunca mais conseguimos cortar o "cordão umbilical" com este LUGAR cheio de magia e de uma beleza natural única.

sábado, 13 de fevereiro de 2016

ALERTA LARANJA




O mapa geral resume todos os riscos de mau tempo ou todos os alertas de mau tempo, bem como avisos meteorológicos úteis para Braga. No mapa, é possível identificar os locais ou as regiões de Braga onde são iminentes situações de mau tempo, como tempestades/furacões, chuvas fortes e trovoadas. Além disso, é também possível ver em que locais se devem esperar o piso escorregadio. Forte agitação marítima.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Ministro do Ambiente quer reforçar litoral sudoeste

O ministro do Ambiente visitou os concelhos de Sines e de Odemira, no passado dia 20 de janeiro, para inaugurar as obras de requalificação que a Sociedade Polis Litoral Sudoeste está a realizar em toda a costa.


João Matos Fernandes anunciou que o Governo vai investir 28 milhões de euros na “integridade da linha de costa”, nomeadamente na consolidação de arribas, no carregamento de praias com areia e na conservação do cordão dunar.

As obras de manutenção da integridade da linha de costa serão concretizadas, através de fundos comunitários, cujas candidaturas vão ser feitas até ao final do mês janeiro, início de fevereiro”, disse à margem da cerimónia se obterem novos fundos comunitários e por não existir alternativa a este modelo de gestão integrada da orla costeira.

Blogue Pedrinhas & Cedovém com o Jornal o Leme

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Requalificação da Praia Norte vai arrancar com um ano de atraso

As obras de requalificação da Praia Norte, em Viana do Castelo, orçadas em 2,6 milhões de euros, deverão começar em maio, um ano depois da data inicialmente apontada, disse hoje o presidente da Câmara local



O socialista José Maria Costa, que falava no período antes da ordem do dia da reunião camarária, adiantou que a intervenção vai ser realizada ao abrigo de uma nova candidatura, ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR), efetuada pela sociedade Polis Litoral Norte.

O autarca anunciou a abertura de um novo concurso público e explicou que a empreitada, com duração prevista de cerca de nove meses, "procurará, durante os meses de verão, libertar partes da zona balnear para fruição dos banhistas".

José Maria Costa acrescentou que a candidatura em causa abrange igualmente intervenções de requalificação nas praias da Arda e da Ínsua, ambas em Viana do Castelo, bem como outras nos concelhos vizinhos de Caminha e Esposende

O início das obras, que inicialmente esteve previsto para abril de 2015, foi adiado devido a "questões burocráticas", tal como anunciou à Lusa o autarca local. Em dezembro passado, afirmou que "questões burocráticas, decorrentes do concurso público, ditaram o adiamento da intervenção para 2016".

"Estamos numa fase em que há muitas empresas a concorrer a obras públicas. Nesta obra tivemos mais de 20 empresas. Foi um processo que teve muitas reclamações e que obrigou a muita análise jurídica, e isso levou a que se atrasasse o processo de decisão, porque temos de cumprir a lei, e os procedimentos administrativos", explicou na ocasião.

Segundo o autarca socialista, o atraso no processo conduziu ao cancelamento daquele concurso público, face à impossibilidade de cumprimento do prazo de conclusão da obra, final de 2015, o que colocava em risco os fundos da candidatura apresentada ao Programa Operacional Temático de Valorização do Território (POVT).

Em causa está a obra de requalificação da Praia Norte, a realizar ao abrigo da sociedade Polis Litoral Norte.

A intervenção, alvo de contestação por um movimento cívico local critica o que considera ser "o fim do estacionamento junto ao mar", que existe naquela zona, vai abranger uma área equivalente a cinco campos de futebol.

As obras contemplam duas fases, que vão decorrer em simultâneo, uma para defesa da zona costeira e outra de requalificação daquela zona balnear.

O projeto prevê a demolição dos três atuais espaços de restauração, que serão relocalizados nas novas "praças". Prevê ainda "um calçadão junto ao mar" e, além das "praças", vários espaços verdes.

Blogue Pedrinhas & Cedovém com País ao minuto

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

E nós? Governo melhora os portos de Mar do Norte. Zonas da costa que necessitam de ser protegidas são simplesmente esquecidas!

Governo vai melhorar acessos ao porto de Mar de Viana do Castelo


«O Governo vai melhorar as acessibilidades ao Porto de Mar de Viana do Castelo. A promessa foi deixada ontem pela Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, depois de uma visita ao Centro de Remo de Viana do Castelo e ao Centro de Interpretação do Mar localizado no navio Gil Eannes.
A governante reconheceu que é necessário encontrar soluções para melhorar os acessos rodoviários e marítimos ao porto e disse que o assunto já está a ser analisado por uma comissão especializada.


Já estamos a trabalhar nesse ‘dossier’. É um compromisso que nós temos de, juntamente com outras áreas do Governo, encontrarmos uma solução, mas também tentarmos aumentar a competitividade para atrair novas indústrias. Viana do Castelo é um bom exemplo do que pode ser feito em prol da economia do mar”, afirmou Ana Paula Vitorino.A comissão vai ser criada durante esta semana.

A governante lembrou que o mar é o maior recurso natural do país e que “nós temos já aprovado o Programa ‘Mar 2020’, com os fundos comunitários aplicados à área do mar e o nosso objectivo é ter o processo legislativo todo concluído no primeiro trimestre para podermos lançar os primeiros concursos, as primeiras candidaturas para que possa haver possibilidade de financiamento”.
Outra das medidas de apoio que está a ser preparada pelo Governo é o programa da Simplificação Administrativa Aplicada ao Mar (o ‘Simplex do Mar’). Este programa permite ao Estado responder com maior rapidez e eficiência às solicitações dos cidadãos e das empresas ligadas às actividades marítimas.

A ministra do Mar defendeu ainda que as actividades desportivas ligadas ao mar possam integrar os programas lectivos das escolas. “Queremos introduzir os desportos náuticos no desporto escolar. Não existe razão nenhuma para que os meninos aprendam a jogar basquetebol e não tenham contacto com o remo, com a vela ou o surf. Queremos dar um maior contributo para que os nossos jovens tenham maior conhecimento”, disse Ana Paula Vitorino.

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, acolheu com agrado o interesse do Governo na questão dos acessos ao porto de mar. “Há um projecto pronto, as expropriações estão identificadas e grande parte delas já estão executadas. Basta encontrarmos as linhas de financiamento”, disse José Maria Costa.


O autarca vianense lembrou que o porto de mar “é responsável por mais de 600 milhões de euros de exportações e o distrito exporta 1.3 mil milhões de euros por ano. Estamos a falar da necessidade de operacionalização de uma infraestrutura que é fundamental para aumentarmos a nossa internacionalização”, frisou José Maria Costa.
Além das visitas, a Ministra do Mar reuniu com a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo, onde manifestou o interesse do Governo em apostar na melhoria das infraestruturas marítimas e portuárias.

Ana Paula Vitorino conheceu também os projectos do Grupo de Acção Costeira do Litoral Norte, de renovação da frente costeira, do Centro de Mar, da empresa Viana Pesca e Aldeias do Mar (intervenções nos concelhos de Esposende, Viana do Castelo, Caminha e Vila Nova de Cerveira).
A governante inaugurou também os armazéns de aprestos dos pescadores de Viana do Castelo.»


DEPOIS DE TER SIDO DADO A CONHECER ESTA VISITA AOS PROPRIETÁRIOS, UTENTES E SIMPATIZANTES DO LUGAR DE PEDRINHAS E CEDOVÉM, ESTES PROMOVEM O SEGUINTE DESAFIO À SENHORA MINISTRA DO MAR.

EX.MA SENHORA MINISTRA, ANA PAULA VITORINO, 
NÓS GOSTARÍAMOS IMENSO DE LHE MOSTRAR O LUGAR DE PEDRINHAS E DE CEDOVÉM, POIS NÓS TEMOS A CERTEZA QUE QUE DEPOIS DE CONHECER ESTES DOIS LUGARES GOSTARÁ DE LÁ VOLTAR.