INTRODUÇÃO

Pedrinhas e Cedovém são dois Lugares à beira mar, situados entre Ofir e a Apúlia, no concelho de Esposende - PORTUGAL.

Localizam-se num lugar calmo em cima do areal, onde pode almoçar e jantar com uma gastronomia típica local e poder usufruir de uma paisagem natural marítima Atlântica a uma temperatura do Litoral do Sul da Europa .
Onde construções CELTAS desabrocham de fundações milenares, que resulta uma relação de interligação com a paisagem. Os caminhos e os percursos de acesso ainda se encontram em areia e criam uma composição que conjuga de forma perfeita entre a topografia e época das construções, o que dá um cunho único ao Lugar. Se estivermos acompanhados com alguém especial, imediatamente nos apaixonamos e nunca mais conseguimos cortar o "cordão umbilical" com este LUGAR cheio de magia e de uma beleza natural única.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Passeio equestre vai percorrer pontos turísticos em Esposende


O VII Passeio Equestre de Vila Chã, em Esposende, vai decorrer no dia 26 de junho, com partida às 10 horas no Castro de São Lourenço.
Homologado pela Direcção Geral de Alimentação e Veterinária, com marca oficial de exploração, a sétima edição do evento tem organização dos Amigos de São Lourenço.
A concentração está marcada para as 9 horas, no Castro de São Lourenço, e a partida agendada para uma horas depois (10 horas), percorrendo parte do Monte de São Lourenço, caminhos agroflorestais e Caminhos de Santiago, com passagem por vários locais de interesse turístico.
As inscrições estão abertas até ao dia 25 de junho, através dos números de telefone disponíveis no cartaz do evento.


Município de Esposende atribui 43 500 euros a Juntas de Freguesia e instituições



O Município de Esposende aprovou, em reunião do executivo e por unanimidade, a atribuição de um conjunto de apoios financeiros, nomeadamente a Juntas de Freguesia e instituições do concelho, no montante global de aproximadamente 43 500 euros.

Assim, a Câmara Municipal aprovou uma verba no montante de 3 850,76 euros para a Junta da União das Freguesias de Apúlia e Fão, destinada a custear a reparação de uma máquina “Limpa Bermas”.

A Junta da União de Freguesias de Fonte Boa e Rio Tinto irá receber 5.503,70 euros, para a aquisição de uma cisterna e respetivos acessórios para a limpeza de fossas onde os serviços da Esposende Ambiente não tenham acesso.

O Município continua, assim, a atender às muitas solicitações das Juntas de Freguesia do concelho, contribuindo para que estas possam prestar mais e melhores serviços às populações e, consequentemente, a ajudar à melhoria da sua qualidade de vida. 

Do mesmo modo, a Câmara Municipal, ciente das limitações orçamentais das coletividades, continua a dar resposta a muitos dos pedidos de apoio das instituições concelhias. A Associação Amigos de S. João, de Esposende, vai receber uma comparticipação financeira de 2.000 euros, para custear a aquisição dos adereços e vestuário dos elementos participantes nas Marchas de S. João, que se realizarão no dia 25 de junho.

Na mesma sessão, o executivo municipal aprovou, também, a atribuição de um subsídio de 30.000 euros ao Club Fãozense, coletividade cultural sediada em Fão, montante que se destina a comparticipar a execução de obras de recuperação e ampliação do seu edifício-sede.

Reconhecendo a mais-valia do projeto cultural “MusiCórdia”, a Câmara Municipal atribui um apoio de 2.000 euros à Santa Casa da Misericórdia de Esposende, para apoio à realização da edição 2016 deste evento.


Blogue Pedrinhas & Cedovém

Voluntários recolheram 1,4 toneladas de resíduos do Estuário do Rio Cávado



Cerca de sete dezenas de voluntários, entre os quais várias atletas, pais e treinadores de clubes desportivos concelhios, substituíram um regular treino pela participação numa iniciativa com uma forte vertente lúdica e educadora, contribuindo, assim, para um melhor ambiente. Sendo o Desporto um meio educador por excelência, a preservação do ambiente e o exercício de uma cidadania ativa através da prática de voluntariado, são pontos-chave na formação dos atletas. Participaram nesta ação o Grupo Desportivo de Apúlia, o Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses, a Associação Desportiva de Esposende, a Esposende Surf Team, o Centro de Surf de Esposende, o Hóquei Clube de Fão, o Taekwondo Clube de Esposende e a Escola Profissional de Esposende.

A ação de limpeza desenvolveu-se na margem direita do Cávado, entre o Circuito de Manutenção Sul e as Piscinas Foz do Cávado, e na área compreendida entre o Pé no Rio e o Forte S. João Baptista. Antes do início dos trabalhos de limpeza, os participantes tiveram oportunidade de se inteirar de algumas das consequências da presença de resíduos, em particular macro e micro-plásticos, nos habitats aquáticos, nomeadamente rios e oceanos, e foram sensibilizados para a importância das ações de voluntariado ambiental na mitigação deste problema.

O último inverno e a primavera chuvosa deixaram a sua marca e “devolveram” muitos dos resíduos arrastados pelos rios e linhas de água. Com a colaboração e a boa disposição de todos os participantes foi possível retirar do estuário uma parte significativa destes resíduos, o que contribuiu para melhorar significativamente a imagem destes locais, sem falar nos benefícios ambientais. 

O avançado estado de degradação de muitos resíduos condicionou a sua separação no local, tendo sido recolhidos separadamente alguns materiais ferrosos. De realçar também o importante contributo da empresa SUMA - Serviços Urbanos e Meio Ambiente, S.A., que procedeu à recolha dos sacos, colaborando desta forma para o encaminhamento adequado dos resíduos recolhidos e para o sucesso desta iniciativa.

*** Nota elaborada pelo gabinete de comunicação da C. M. de Braga ***

domingo, 8 de maio de 2016

Município avança com alteração ao Plano de Urbanização da Zona Industrial de Esposende

A Câmara Municipal de Esposende vai proceder à alteração do Plano de Urbanização da Zona Industrial de Esposende (PUZIE), decisão que foi aprovada em reunião do executivo municipal.


Esta alteração, que contempla a ampliação da área de intervenção do PUZIE, prende-se com a recente revisão do Plano Diretor Municipal (PDM), que veio estabelecer uma área de atividades económicas que ultrapassa os limites estabelecidos no Plano de Urbanização. Considerando que estas áreas devem ser objeto de um planeamento mais pormenorizado, há necessidade de alterar o Plano de Urbanização, de modo a torná-lo mais operativo e a aumentar a sua eficácia, nomeadamente no que se refere ao seu regulamento. 

Assim, o processo de revisão prevê a alteração dos limites do Plano de forma a incluir a totalidade da área integrada em Espaço de Atividades Económicas do Plano Diretor Municipal de Esposende, que entrou recentemente em vigor, bem como a reformulação da estrutura urbana definida e do zonamento das áreas não ocupadas. Pretende-se tornar o Plano compatível com os conceitos técnicos atuais e aumentar a sua flexibilidade, e adaptá-lo ao quadro legal em vigor, tendo em conta a alteração ao Regime Jurídico dos Instrumentos de Gestão Territorial. 

O processo de alteração implicará a suspensão do PUZIE, por dois anos, prazo que poderá ser alargado por mais um ano. Durante esse período, vigorarão as normas previstas no PDM para aquela área, garantindo, assim, as necessárias medidas preventivas ao nível do planeamento.

O Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, refere que este processo constitui “um passo muito importante” e clarifica que “só depois de concluído o processo de revisão ao PDM, é que foi possível dar início aos procedimentos para a alteração do Plano de Urbanização da Zona Industrial de Esposende”. 

*** Nota elaborada pelo gabinete de comunicação da C. M. de Esposende ***

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Carlos Basto retrata Barcelos com aguarelas da memória


Um dos apaixonados pelo Lugar das Pedrinhas é Carlos Basto, que apresentou esta semana a sua ultima obra.
Os colaboradores do Blogue Pedrinhas & Cedovem desejam as maiores felicidades a Carlos Basto, e a continuação da sua excelente carreira, que tanto nos tem deliciado.


«"Um livro saudosista, de recordações do passado" foi como Carlos Bastos apresentou a sua mais recente obra, ‘Barcelos Sketchbook’, lançada segunda dia dois, à tarde, no salão nobre dos Paços do Concelho, no âmbito do programa da Festa das Cruzes.
Elisa Braga, vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Barcelos, destacou, na sessão de apresentação da obra do artista plástico bracarense, que “toda a iconografia da Festa das Cruzes está neste livro”, composto por dezenas de aguarelas que, na opinião de Adalberto Neiva de Oliveira, amigo de Carlos Basto, constitui um verdadeiro “guia” do concelho e da sua ligação ao Caminho Português de Santiago de Compostela.

A vereadora da Cultura revelou que o Município vai ficar na posse dos cem originais das aguarelas que Carlos Basto apresenta como “memórias” em ‘Barcelos Sketchbook’. 
Autor, entre outras obras, de "Artesanato e Feiras de Barcelos", "Apúlia da Terra e do Mar", "Foi Aqui… em Guimarães’’ ou "Barcelos nos Caminhos de Santiago", Carlos Basto prossegue, com ‘Barcelos Sketchbook’, a fase mais madura da sua já longa carreira em que apostou nas aguarelas em livro.

Pelo Alto Minho - Sketchbook’ é o título de uma anterior publicação do ilustrador barcelense, que convida a percorrer aquela região através das suas aguarelas Carlos Basto é também autor de capas de livros, revistas e logótipos.

Autarcas e outros visitantes galegos, entre os quais o alcaide de Pontevedra, assistiram ao lançamento de ‘Barcelos Sketchbook’, pretexto para o presidente da Câmara Municipal, Miguel Costa Gomes, justificar a aposta na valorização da Caminho de Santiago que atravessa o concelho, considerando que não faz sentido municípios nortenhos andarem de costas voltadas, promovendo cada um deles variantes de um itinerário cultural no qual Barcelos assume uma localização central.»