INTRODUÇÃO

Pedrinhas e Cedovém são dois Lugares à beira mar, situados entre Ofir e a Apúlia, no concelho de Esposende - PORTUGAL.

Localizam-se num lugar calmo em cima do areal, onde pode almoçar e jantar com uma gastronomia típica local e poder usufruir de uma paisagem natural marítima Atlântica a uma temperatura do Litoral do Sul da Europa .
Onde construções CELTAS desabrocham de fundações milenares, que resulta uma relação de interligação com a paisagem. Os caminhos e os percursos de acesso ainda se encontram em areia e criam uma composição que conjuga de forma perfeita entre a topografia e época das construções, o que dá um cunho único ao Lugar. Se estivermos acompanhados com alguém especial, imediatamente nos apaixonamos e nunca mais conseguimos cortar o "cordão umbilical" com este LUGAR cheio de magia e de uma beleza natural única.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Pode não haver dinheiro para comer... mas para manter a fachada é que interessa!

Após ter ido um Grupo de Trabalho do Lugar das Pedrinhas e Cedovém pedir ajuda e alertar que este inverno existe um grau de risco que continua elevado para a proteção de bens, pessoas e animais. Que existem famílias de pescadores que precisam de ir ao mar e não têm condições.

Nada ainda foi feito...

Esta semana tivemos o exemplo dos pescadores das Caxinas, onde felizmente houve um fim feliz (para a comunicação social). Mas estas famílias que perderam o seu barco e o seu sustento o fim não chegou, mas o inicio do desespero.

No entanto somos noticiados pela POLIS LITORAL NORTE :

Na realização de obras de urbanização, embelezamento, fachada, ostentação e riquesa.

"A Polis Litoral Norte começou a obra de requalificação da Frente Ribeirinha de Esposende, uma empreitada no valor de mais de um milhão de euros (1.128.902,33€) que estará concluída em Agosto do próximo ano.As obras incluem o alargamento do passeio marginal existente com a construção de uma ciclovia e de um passadiço sobre a margem do rio, na área de sapal, bem como a construção de um passadiço sobre-elevado de ligação entre a marginal e a Praça das Lampreias.
A exemplo das fases anteriores de requalificação da marginal de Esposende, o projeto é da EPUR – Assessorias de Urbanismo e Arquitectura e assinado pelo arquiteto Vítor Mogadouro, sendo a obra da responsabilidade da empresa ABB – Alexandre Barbosa Borges S.A."



Conclusão de um simples homem do mar:

- Muito de errado se passa aqui. 

Hoje a conhecida a expressão de Júlio César (Caio) Há nos confins da Ibéria, um povo que nem se governa nem se deixa governar“. possivelmente estará a ser dita pela chanceler da Alemanha, Angela Merkel

Enviar um comentário