INTRODUÇÃO

Pedrinhas e Cedovém são dois Lugares à beira mar, situados entre Ofir e a Apúlia, no concelho de Esposende - PORTUGAL.

Localizam-se num lugar calmo em cima do areal, onde pode almoçar e jantar com uma gastronomia típica local e poder usufruir de uma paisagem natural marítima Atlântica a uma temperatura do Litoral do Sul da Europa .
Onde construções CELTAS desabrocham de fundações milenares, que resulta uma relação de interligação com a paisagem. Os caminhos e os percursos de acesso ainda se encontram em areia e criam uma composição que conjuga de forma perfeita entre a topografia e época das construções, o que dá um cunho único ao Lugar. Se estivermos acompanhados com alguém especial, imediatamente nos apaixonamos e nunca mais conseguimos cortar o "cordão umbilical" com este LUGAR cheio de magia e de uma beleza natural única.

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Máquina em Ofir aguarda ordens


Máquina aguarda ordens superiores em Ofir para realizar uma intervenção...Onde será?

Polis Litoral Norte propõe taxa para protecção da orla costeira

Correio do Minho
António Guerreiro de Brito, presidente do Conselho de Administração da Polis Litoral Norte, preconiza a introdução de uma taxa para protecção do litoral. ...

terça-feira, 28 de junho de 2011

Palestra 30 de Junho | "Erosão Costeira numa perspectiva geológica" | CMIA de Vila do Conde


Breve Nota Biográfica
Helena Granja é doutorada em Sedimentologia e Geomorfologia. Desde 2007 é Professora catedrática na Universidade do Minho.
De entre os seus principais domínios de investigação, destacam-se a sedimentologia e Geomorfologia da zona costeira e Estratigrafia de ambientes costeiros plistocénicos-holocénicos.
É membro do centro interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR) e de várias organizações cientificas.
É autora de vários artigos científicos em revistas internacionais sobre questões relativas à zona costeira, tendo participado em vários projectos de investigação.
Orientou várias teses de doutoramento e mestrado.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Esposende: Quatro salvos no mar


CORREIO DA MANHÃ
"Quatro jovens, com idades entre 17 e 19 anos, foram ontem resgatados com vida na praia das Pedrinhas, em Esposende. O alerta foi dado pelo nadador-salvador da praia adjacente, que conseguiu retirar do mar os quatro jovens arrastados pela corrente para um agueiro. Um deles encontra-se sob observação no Hospital de Barcelos."
Hoje agueiros ( rip currents )a Sul do esporão tornaram-se rotina. O esporão (Groyne ) produz erosão e turbulência de areias, resultando agueiros ( rip currents ) constantes, que tornam esta zona balnear autêntica ratoeira para os banhistas.

sábado, 18 de junho de 2011

Como funciona o Groyne (esporão) e como ele é o grande elemento causador da erosão costeira

Na wikipédia explica como funciona o esporão e demonstra o quanto ele é mau.
No projecto ENCORA  -  Esporão significa erosão costeira


Definição de Groyne na wikipédia

Groyne (esporão) cria e mantém uma ampla área de praia de sedimentos do seu lado updrift (sentido da corrente - lado Norte), e produz uma ampla erosão do outro. É uma barreira física para impedir o transporte de sedimentos na direcção da deriva litorânea de transporte. Isso faz com que um build-up (acumulação), que é muitas vezes acompanhada de uma erosão acelerada da praia downdrift (sentido oposto à corrente - lado Sul), que recebe pouca ou nenhuma areia da deriva litorânea (isto é conhecido como síndrome de groyne (esporão) terminal, pois ocorre após a groyne (esporão) terminal de um grupo de groynes (esporões)) .Groynes (esporões) não acrescentam material extra na praia, mas apenas mantêm alguns dos sedimentos existentes no lado updrift (sentido da corrente - lado Norte) do groynes (esporões). ... No entanto, se um groyne (esporão) grande, pode armadilhar muito sedimento, também poderá causar uma grave erosão na praia no lado de baixo drift (sentido oposto à corrente - lado Sul).

domingo, 12 de junho de 2011

O Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território e Instituto da Conservação da Natureza destroem duna

O Ministério do Ambiente, do Ordenamento do Território e Instituto da Conservação da Natureza em Fevereiro de 2011 colocaram uma tabuleta a alertar do perigo de erosão na duna no Lugar das Pedrinhas - Esposende. Agora tiraram a tabuleta e escavaram buracos na duna para os carros não passarem, pondo em causa toda a consistência da duna e possibilitar que com as chuvas aumentem a erosão dunar, podendo chegar ao ponto de provocarem a derrocada total.